4 características de liderança de TI que você deve desenvolver

A liderança de TI é um dos fatores mais importantes para o sucesso de uma empresa, pois é justamente o Chief Information Officer (CIO) o responsável pela interação entre os gestores e a equipe de colaboradores do setor de Tecnologia da Informação. Para cumprir esse papel, é necessário que o profissional seja capacitado e tenha experiência tanto na gestão quanto na execução das tarefas desempenhadas pelo time.

Levando em consideração a relevância desse cargo e de suas atribuições, criamos este conteúdo com informações a respeito das características fundamentais para a liderança de TI. Continue aqui conosco e descubra quais são!

1. Visão estratégica

Independentemente da área em que atue, é essencial que o líder tenha visão estratégica. Mas é possível que essa necessidade seja ainda maior quando pensamos no setor de TI. Afinal, cabe ao CIO definir as soluções tecnológicas que serão adotadas pela empresa, o que não é uma tarefa simples.

Para que ela realmente seja bem-sucedida, a liderança de TI precisa levar em conta as necessidades da empresa e, de acordo com elas, identificar as ferramentas mais adequadas. É um trabalho que exige capacitação, experiência e atualização constante.

2. Habilidades de comunicação

Embora identificar as soluções mais úteis para o negócio seja importante, isso não basta. O líder ainda precisa ser capaz de demonstrar para os demais gestores que os softwares e hardwares indicados por ele apresentam o melhor custo-benefício para a empresa — o que pode ser especialmente difícil se seus pares não entenderem sobre o tema.

O profissional também deve estar apto a transmitir aos colaboradores as decisões e estratégias elaboradas com os demais gestores, assim como a orientá-los para que a execução de suas tarefas ocorra do modo mais eficiente possível.

3. Mente aberta

O líder precisa ter a mente aberta para receber sugestões e adquirir novos conhecimentos. Assim, os colaboradores se sentem seguros para chegarem ao gestor e fazerem propostas. Em uma situação como essa, a gestão de TI pode descobrir como tornar um processo mais eficiente, o que beneficiaria a empresa como um todo.

De toda maneira, independentemente da eficácia ou da viabilidade da sugestão recebida, a liderança em TI deve ser respeitosa e ouvir com atenção. Se a ideia for mesmo inviável, os fatos que a impossibilitam devem ser explicados de forma ordenada, sem qualquer tipo de deboche. Essa atitude mantém a equipe motivada e confiante, o que a estimula a continuar dando sugestões.

4. Capacidade de delegar

Por fim, é importante que o líder saiba delegar tarefas, para que elas sejam realizadas com mais eficiência. Sem esse cuidado, ele pode ficar repleto de trabalho, o que obviamente reduziria seu desempenho e poderia até mesmo afetar sua saúde física e mental.

Por essa razão, é indispensável que o CIO tenha um time capacitado, com quem possa contar para a resolução de problemas e para a execução de atividades estratégicas.

Vale ressaltar que as qualidades citadas acima podem ser desenvolvidas ao longo do tempo. Com o apoio do setor de Recursos Humanos, a empresa pode capacitar seus colaboradores para que eles desenvolvam as competências requeridas por um cargo de liderança de TI.

Agora que você conhece as principais características que precisa ter, o que acha de continuar aprendendo sobre esse tema? Leia o nosso artigo que explica por que fazer uma gestão de ativos de TI na sua empresa!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.