O que é realidade mista, como ela funciona e quais suas aplicações?

O avanço constante e cada vez mais ágil da tecnologia tem gerado uma série de ferramentas úteis para as empresas. Dentre elas, a Realidade Mista recebe grande destaque graças às suas aplicações.

Por meio dessa tecnologia, os indivíduos podem compartilhar e acessar informações de modo muito mais completo e intuitivo. Isso abre espaço para que diversas atividades, como a realização de reuniões estratégicas, sejam otimizadas.

Que tal aprender mais sobre a Realidade Mista? Neste artigo, descubra o que é essa tecnologia e entenda como ela pode impactar o mercado!

O que é a Realidade Mista?

De modo simples, podemos dizer que a Realidade Mista é uma combinação eficiente da Realidade Aumentada e da Realidade Virtual. Isso porque a nova tecnologia faz uso de funcionalidades desses dois tipos de ferramenta para criar uma experiência do usuário ainda mais completa.

Basicamente, a Realidade Mista permite que itens virtuais, compostos por dados, sejam incluídos no mundo real, a ponto de seres humanos serem capazes de interagir com eles.

Digamos que um Engenheiro precise apresentar o projeto de um novo equipamento para seus líderes diretos. Por meio dessa tecnologia, ele poderia gerar um modelo tridimensional da criação.

Uma vez que podemos interagir com os itens inseridos em nosso mundo pela Realidade Mista, o engenheiro seria capaz até mesmo de desmontar o equipamento diante de seus gestores, para apresentar a eles os componentes internos.

Como essa tecnologia se diferencia da Realidade Virtual e da Realidade Aumentada?

A grande diferença entre as três Realidades é que a Mista consegue entregar funções que os outros tipos não são capazes. Isso porque, embora a Realidade Virtual permita que humanos criem e interajam com itens digitais, toda essa interação ocorre em um meio virtual. Ou seja, ela demanda um elevado nível de imersão.

Já a Realidade Aumentada, por sua vez, permite a visualização de itens virtuais, como informações, em nosso meio. Contudo, isso requer o uso de algum tipo de dispositivo, como um smartphone. Além disso, o nível de interação é bastante limitado.

Quais as aplicações dessa tecnologia?

A verdade é que a Realidade Mista pode ser implementada de diversas formas diferentes. Para ajudar você a compreender melhor a utilidade dessa tecnologia, separamos alguns exemplos. Acompanhe!

Educação

Por meio da Realidade Mista, professores podem oferecer a seus alunos uma experiência totalmente nova de educação. É possível, por exemplo, fazer visitas a um museu sem sair das salas. Além disso, dada a interatividade entregue pela tecnologia, os estudantes poderiam ver de perto e “tocar” obras de arte e itens históricos, o que permitiria absorver melhor o conhecimento sobre eles.

Mundo corporativo

No meio corporativo, essa tecnologia tem o potencial de tornar as reuniões muito mais efetivas. Afinal, por meio dela, gestores e empresários podem se reunir, ainda que estejam em locais diferentes, como se estivessem no mesmo ambiente. Embora as videochamadas sejam ferramentas úteis, o contato obtido pela Realidade Mista seria muito maior, o que poderia favorecer negociações complicadas.

Além do mais, atualmente, negócios de todos os portes e áreas de atuação podem contar com uma série de tecnologias úteis. Desse modo, as companhias que não fizerem uso das ferramentas que estão à disposição tendem a perder espaço para as empresas mais alinhadas à Indústria 4.0. Nesse novo cenário, líderes e gestores devem estar atentos a soluções, como a Realidade Mista, com potencial de revolucionar todo o mercado.

Gostou de saber o que é a Realidade Mista? Que tal continuar se informando? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdos úteis!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.