Você sabe o que é design de interação? Entenda!

Desenvolver as melhores soluções de sites e aplicativos exige um verdadeiro mergulho no mundo do usuário. Para entender os fatores emocionais e comportamentais envolvidos na experiência de uso da interface, os desenvolvedores recorrem ao design de interação. 

Quer entender o que é design de interação e como ele pode colaborar com os seus resultados? Continue a leitura! 

O que é design de interação?

O design de interação é uma disciplina focada na interação entre um sistema e o usuário por meio de interfaces. Ela procura entender como a informação deve ser apresentada para permitir que o usuário a entenda de maneira clara e objetiva. 

Para isso, há um estudo estratégico do diálogo entre as pessoas e os produtos e serviços que elas consomem. Levando em conta fatores físicos e emocionais, os desenvolvedores orquestram forma, função e tecnologia para entregar uma boa experiência. Por isso, muitas pessoas consideram o design de interação como o “design de informação”.

Qual é a diferença entre o design de interação e o UX design?

O design de interação cuida da disposição das informações na interface para que o usuário as encontre e entenda da melhor forma possível. Já o design de experiência do usuário, ou UX design, investiga como e se as pessoas usarão o produto. Ou seja, ele se responsabiliza pelos fatores motivacionais e pelas ciências comportamentais que atravessam o uso da plataforma projetada.

Qualquer processo de design de interação precisa passar por uma pesquisa de UX. Com base nos dados de comportamento e nos desejos do usuário, o designer “coreografa” a interação, proporcionando uma experiência simples e que encante aqueles que utilizam a plataforma.

Como criar ações que privilegiem o design de interação?

Entenda as cinco dimensões do design de interação

O design de interação envolve cinco dimensões que devem ser consideradas na elaboração dos testes de legibilidade, usabilidade, na elaboração de wireframes e protótipos. São elas:

  • palavras: elas devem ser simples de entender e comunicar as informações necessários ao usuário de maneira objetiva;
  • representações visuais: elementos gráficos como tipografia, ícones e imagens. Podem complementar ou, até mesmo, substituir palavras;
  • objetos físicos ou espaço: aqui, o designer responsável estudará quais são os dispositivos usados pelo usuário para interagir com o produto;
  • tempo: além de avaliar o tempo que o usuário gasta interagindo com o produto, o designer também precisa entender quais serão as mídias utilizadas (vídeo, som ou animação);
  • comportamentos: cabe estudar como os usuários usam o produto ou serviço.

Entenda as quatro abordagens do design de interação

Embora o design de interação esteja interessado, principalmente, no usuário, ele possui 4 diferentes abordagens. São elas:

  • centrado no usuário: essa abordagem é totalmente focada nas necessidades e objetivos do usuário;
  • centrado em atividades: o projeto é guiado pelas atividades a serem completadas na plataforma;
  • sistemas: nessa abordagem, o usuário determina o que o sistema deve fazer e o designer busca maneiras de cumprir esses requisitos;
  • gênios: o designer recorre ao usuário para validar uma solução desenvolvida por ele.

Conte com uma equipe capacitada

Como você pôde verificar, um projeto guiado pelos princípios do design de interação demanda muita pesquisa e profissionais que saibam se colocar no lugar do usuário. Por isso, é essencial que a sua empresa conte com uma equipe capacitada para executar esses trabalhos. 

Quais são as vantagens de incentivar o design de interação?

As vantagens do design de interação para os produtos e serviços de sua empresa são diversos. Veja algumas delas: 

  • aumentar o valor agregado de produtos por meio de soluções inovadoras, que entregam boas experiências;
  • prototipagem eficaz;
  • alto grau de legibilidade e usabilidade, características que aumentam o potencial de adesão do usuário;
  • satisfação do usuário, que tem suas necessidades e desejos atendidos;
  • maior integração das equipes, que precisam se aprofundar, juntas, nas pesquisas sobre os usuários;
  • fortalecimento da marca por meio de experiências que encantem o usuário.

Considerando as melhores formas de apresentar uma informação, o design de interação estuda profundamente o comportamento do usuário para entregar uma experiência satisfatória. Contudo, para que o produto ou serviço ganhe maior adesão e haja o fortalecimento da marca, é essencial contar com uma consultoria especializada nesse tipo de ferramenta.

Agora que você sabe o que é design de interação, compartilhe este artigo nas suas redes sociais para que outras pessoas conheçam esse conceito!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.